segunda-feira, 12 de junho de 2017

Pare de procurar o que já te encontrou


Hoje havia um trânsito diferente nas ruas, as pessoas estavam distraídas, os motoqueiros estavam mais nervosos e carregados, havia pétalas de rosas vermelhas na calçada. O anúncio dizia para demonstrar amor gastando, acredito que esteja certo, mas não precisa gastar com flor, bombom, presente.
Gaste, pare de se economizar e gaste-se!
Amor é decisão de todo dia, sentimento é algo efêmero que passa como bombom. Sentimento varia a cada dia, decisão é atitude e amar requer ação. Não basta dizer eu te amo, nem espalhar corações vermelhos pelo caminho, celebrar uma vez por ano, amar se aprende amando e para amar não precisa ter par, comece amando a si mesmo, depois olhe ao redor, há toda uma vida para ser amada. Ame viver, ame tudo ao redor e um pouco mais além, quando menos esperar, quanto menos procurar o amor te encontra e devolve o que você espalhou.


“Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine.
Ainda que eu tenha o dom de profecia e saiba todos os mistérios e todo o conhecimento, e tenha uma fé capaz de mover montanhas, mas não tiver amor, nada serei.
Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me valerá.
O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.
Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.
O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca perece; mas as profecias desaparecerão, as línguas cessarão, o conhecimento passará.
Pois em parte conhecemos e em parte profetizamos;
quando, porém, vier o que é perfeito, o que é imperfeito desaparecerá.
Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.
Agora, pois, vemos apenas um reflexo obscuro, como em espelho; mas, então, veremos face a face. Agora conheço em parte; então, conhecerei plenamente, da mesma forma como sou plenamente conhecido.
Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.

1 Coríntios 13:1-13

Que palavra! Nem dá para imaginar o tamanho, a estatura, o peso, a forma, mas quero!
Quero hoje, quero para mim e para você algo que não passará, que nos levará a plenitude e isso não se alcança pela metade. Há apenas um caminho. Se você quer, peça e receberá, bata e a porta de abrirá.

Todo dia é dia de amar, pare de procurar o que já te encontrou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário